Dario Skèpisi

NEW ALBUM: PARADOSSALMENTE

Paradossalmente

Puglia e Brasile si incontrano nell’arte del “barisiliano” Dario Skèpisi, in una vera e propria osmosi musicale che fa scorrere musica nelle due direzioni: suoni mediterranei contaminati dal jazz e dal dolce profumo dei tropici.

Apúlia e Brasil se encontram na arte do “Barisiliano” Dario Skèpisi, em uma verdadeira osmose musical que faz a música fluir nos dois sentidos: sons mediterrâneos contaminados pelo jazz e pelo doce perfume dos trópicos.

— MAX DE TOMASSI
CONDUTTORE RADIOFONICO “RAI RADIO 1” | RADIO CONDUTOR “RAI RADIO 1”

WATCH THE VIDEO: PARADOSSALMENTE

Riproduci video

BIO

Nato a Bari nel 1962, Dario Skèpisi è uno tra i cantautori e musicisti più originali del panorama della musica Pugliese.

Laureato in Scienze Politiche con tesi in Sociologia della Musica, Skèpisi è da sempre affascinato dalla musicalità e dalla fonetica del dialetto barese e della cultura brasiliana; ha così l’intuizione di unire testi inediti scritti nel dialetto della sua città con le armonie Bossanova e le calde sonorità Carioca.

Questa sperimentazione si concretizza prima nell’album “Musicanima” (Helikonia/Egea, 2010) e in seguito in altri progetti nello stesso stile.

Dopo aver collaborato con straordinari talenti come Jim Porto, Roberto Bastos, José Ferreira, Gilson Silveira e Sergio Pereira, negli anni viene insignito di diversi premi per la promozione della cooperazione tra Italia e Brasile. Nel 2021 Skèpisi annuncia l’uscita del suo secondo album studio “Paradossalmente”.

Nato a Bari nel 1962, Dario Skèpisi è un cantautore e musicista fra le figure più originali del panorama musicale Pugliese.

Appassionato di musicologia e cultura popolare, durante i suoi studi universitari, culminati con una laurea in Scienze Politiche con tesi in Sociologia della Musica, Skèpisi comprende e capitalizza il valore della musica come linguaggio di comunicazione globale e inizia a plasmare la sua identità artistica.

Affascinato dalla musicalità e dalla fonetica del dialetto barese, Skèpisi ha l’intuizione di unire testi inediti scritti nel dialetto della sua città con le armonie della musica bossanova e le calde sonorità Carioca.

Questa sperimentazione si concretizza nell’album “Musicanima” (Helikonia/Egea, 2010) seguito a ruota da altri progetti nello stesso stile.

Nella sua attività di avvicinamento della cultura musicale Pugliese a quella Brasiliana, Skèpisi ha avuto modo di collaborare con straordinari talenti come Jim Porto, Roberto Bastos, José Ferreira, Gilson Silveira e Sergio Pereira e, negli ultimi due anni, è stato insignito del premio “Connessione Italia Brasile” dal WebMusic Italian Fest, guadagnandosi un invito al Teatro Municipal Cagé Pequeno di Rio de Janeiro per la premiazione “Trofèu Arte em Movimento”.

Nel 2021 Skèpisi annuncia l'uscita del suo secondo album studio composto di brani in italiano e in dialetto intitolato "Paradossalmente".

Nascido em Bari em 1962, Dario Skèpisi é um dos compositores e músicos mais originais da cena musical da região Apúlia, na Itália.

Formado em Ciência Política com uma tese em Sociologia da Música, Skèpisi sempre foi fascinado pela musicalidade e fonética do dialeto da cidade de Bar, a capital da região, e da cultura brasileira; ele tem assim a intuição de combinar textos inéditos escritos no dialeto de sua cidade com as harmonias da Bossa Nova e sons calorosos carioca.

Essa experimentação se materializa primeiramente no álbum “Musicanima” (Helikonia/Egea, 2010) e posteriormente em outros projetos do mesmo estilo.

Depois de colaborar com talentos extraordinários como Jim Porto, Roberto Bastos, José Ferreira, Gilson Silveira e Sergio Pereira, ao longo dos anos ele tem recebido diversos prêmios por promover a cooperação entre Itália e Brasil.

Em 2021 Skèpisi anuncia o lançamento de seu segundo álbum de estúdio  “Paradossalmente”.

Nascido em Bari em 1962, Dario Skèpisi é um compositor e músico entre as figuras mais originais da cena musical Pugliese.

Apaixonado por musicologia e cultura popular, durante os estudos universitários, culminando com uma licenciatura em Ciência Política com uma tese em Sociologia da Música, Skèpisi entende e capitaliza o valor da música como linguagem de comunicação global e começa a moldar a sua identidade artística.

Fascinado pela musicalidade e fonética do dialeto bari, Skèpisi tem a intuição de combinar textos inéditos escritos no dialeto de sua cidade com as harmonias da música Bossanova e os cálidos sons cariocas.

Essa experimentação ganha corpo no álbum "Musicanima" (Helikonia / Egea, 2010), seguido de perto por outros projetos do mesmo estilo.

Na sua atividade de aproximar a cultura musical apuliana da brasileira, Skèpisi teve a oportunidade de colaborar com talentos extraordinários como Jim Porto, Roberto Bastos, José Ferreira, Gilson Silveira e Sergio Pereira e, nos últimos dois anos, ele recebeu o prêmio “Conexão Itália Brasil” do WebMusic Italian Fest, ganhando um convite para o Teatro Municipal Cagé Pequeno do Rio de Janeiro para a cerimônia de premiação “Trofèu Arte em Movimento”.

Em 2021 Skèpisi anuncia o lançamento de seu segundo álbum de estúdio composto por canções em italiano e em dialeto intitulado "Paradoxalmente".

DISCOGRAFIA

ALBUMS

EP & SINGLES

Paradossalmente

Paradossalmente

2021, Papa Musìque

Musicanima

Musicanima

2010, Helikonia

EP & SINGLES

Nicolaus Theme
Nicolaus Theme

2020, Soulgem Records

Samba Necòle
Samba Necòle

2016, Helikonia/Indi

CONTATTI

    Protetto da reCAPTCHA: PrivacyTermini